palavras e silêncios
Não estava indo a lugar nenhum nem o resto do mundo. Estávamos todos rondando por aí, à espera da morte, e enquanto isso fazendo coisinhas para encher o tempo. Alguns nem faziam coisinhas. Eram vegetais. Eu era um deles. Não sei que tipo de vegetal. Me sentia um nabo. Acendi um charuto, traguei e fiquei fingindo que sabia que diabos acontecia.
BUKOWSKI, Charles. Pulp. (via balburdiar)
goodbadmanners:

Vou escrever isso em todos os lugares, quero que as pessoas leiam isso sempre.

goodbadmanners:

Vou escrever isso em todos os lugares, quero que as pessoas leiam isso sempre.